A resposta curta é: sim! Mas, saiba que ao importar alimentos você tem que dominar algumas importantes etapas – além da lista de bons fornecedores para isso!

Épocas do Ano

Fiquem atentos à época do ano que você vai importar suas comidas e doces – as trocas de estação são sempre mais recomendadas porque não está nem muito quente e nem muito frio. Não correndo o risco de estragar ou derreter o seu snack.

Peso

Quando vemos um pote de 750g de Nutella nos Estados Unidos, chega a brilhar os olhos com o preço encontrado! Porém, é preciso ter os dois pés no chão e analisar se vale a pena enviá-lo para o Brasil ou não. O frete pode ser um pouco mais caro do que o esperado, por causa do peso, e acaba não valendo a pena.

Declaração

Não tem problema nenhum importar comidas em baixa escala. Recomendamos que importem produtos industrializados para que eles não se prejudiquem na viagem e, ainda, na hora da declaração, escreva como snack (aperitivo) ou candy/sweets (doces). Que a Receita Federal aceitará sem cerimônias!

Lojas

Walmart, Costco, Sam’s Club, Target e Amazon são algumas lojas confiáveis que você pode comprar o seu produto e enviar para o nosso galpão. Com certeza as categorias de chips, relish, doces e salgados, você vai encontrar nessas lojas com validades a longo prazo, para usufruir dos seus alimentos sem se preocupar!

Para importar, utilize os serviços da WeGet2U. Pois dessa forma, fica muito mais fácil e muito mais certeza de que seu produto chegará no seu endereço no Brasil. Ficou faltando alguma dica? Comente pra gente!