Escolha uma Página

Em território nacional, muitas pessoas tem apostado na importação e revenda de produtos importados por uma razão óbvia: alguns produtos importados chegam a ser 200% mais baratos em comparação ao nosso país. E devido a facilidade de venda destes produtos, saber como importar para revender pode ser uma excelente oportunidade para aumentar os seus lucros!

Quer entrar neste mercado tão lucrativo? Confira as dicas infalíveis de como importar e fazer a revenda de produtos importados que a WeGet2U preparou para facilitar a sua vida!

1. Delimite sua área de atuação!

Para adentrar o mercado de revenda de produtos importados com o pé direito, o primeiro passo é escolher quais produtos serão o seu foco. Assim, se você inicialmente nào quer assumir grandes riscos é interessante apostar em produtos mais baratos como cosméticos e vestuário. 

2. Enxergue oportunidades nas dores do mercado!

Além de levar em conta sua capacidade financeira, é essencial estudar o mercado e compreender as suas dores. Ou seja, pesquise o que o seu público está procurando e tem dificuldades de encontrar e faça desta dor o seu ganha pão.

3. Escolha fornecedores de confiança!

Preze pelo seu profissionalismo, priorizando a revenda de produtos importados  de qualidade, afinal, se você deseja que seus clientes voltem a comprar com você, escolher bons fornecedores como a Amazon e Macy`s deve ser uma preocupação constante.

4. Defina um preço justo!

Ao importar para revender, tente sempre cobrar pelo 20% a menos do preço da mercadoria no Brasil sem deixar de lado os lucros com a venda!

5. Use redirecionamento de encomendas!

Opção mais viável, o uso de redirecionamento de encomendas é um procedimento para comprar em lojas que não enviam seus produtos para o Brasil, como é o caso das lojas Abercrombie e Adidas dos Estados Unidos. 

Serviço prestado com maestria por nós da WeGet2U, o redirecionamento de encomendas possibilita qualquer compra direta ou assistida no exterior por um preço menor e menos cobrança de impostos!

Esperamos que tenha gostado deste artigo e que ele o tenha ajudado. E você, tem alguma experiência com importação para revenda? Compartilhe sua experiência com a gente!