Escolha uma Página

É fato: com o dólar alto diversos setores empreendedores são afetados de diferentes maneiras. No entanto, uma coisa é certa, o aumento do dólar em relação a queda do real torna as importações de determinados produtos insatisfatórias.

Entretanto, isso não significa que tudo está perdido e que o mercado de importação já não é mais vantajoso. Afinal, é preciso sabermos avaliar alguns fatores que se relacionam não somente aos preços dos produtos, mas também ao comparativo Brasil e Estados Unidos, taxas de importação e muito mais.

Mas será que, de modo geral, ainda vale a pena importar produtos dos EUA com o dólar alto e ainda assim manter a rentabilidade?

Para entender como é possível driblar a alta do dólar e manter a economia nas suas compras, continue acompanhando esse artigo!

Importar em 2020 ainda é interessante?

O ano de 2020 chegou com tudo e o cenário mundial não parece ser nada promissor. Mas como será que o mercado de importação é afetado neste novo cenário? Será que ainda vale a pena importar produtos dos EUA com o dólar alto? E a taxação dos produtos, deve ser levada em conta?

O dólar está em ascensão e o real, em contrapartida, parece estar caindo cada vez mais num poço sem fim. E este cenário nos faz questionar se ainda vale a pena importar em 2020, afinal, sabemos que quanto mais alto a cotação do dólar maior será os preços dos produtos.

Mas vamos com calma: quando pensamos em importação, não devemos apenas levar em conta o preço do produto em si, mas também devemos pensar um comparativo de preços, pois sabemos  que muitos produtos que chegam no Brasil são vendidos por preços verdadeiramente absurdos em comparação ao valor pelos quais os mesmos produtos são vendidos nos Estados Unidos. É o caso, por exemplo, dos produtos eletrônicos que chegam a distinguir-se em até mil reais de diferença (se não mais!)

Outra questão que também deve ser posta em foco nesse artigo refere-se a taxação que os suas encomendas sofreram no processo de envio. Ou seja, uma vez que sua encomenda é taxada será que o valor total que você irá pagar para importar os seus produtos irá compensar em comparação ao preço que você pagaria nele aqui no Brasil?

Tudo que se refere a pergunta primordial deste conteúdo é englobado por um gigantesco talvez. De fato, não existe uma resposta concreta para responder se vale a pena importar produtos dos EUA com o dólar alto, pois tudo aqui se relaciona com o tipo de produto que você pretende importar e o preço pelo qual ele é repassado no mercado!

Dica WeGet2U: pesquise e avalie o mercado!

Como já dito, a relação da cotação do dólar com o preço dos produtos é direta. Assim, quando mais alto o valor do dólar mais alto o preços dos produtos e vice-versa. Entretanto, mesmo com o atual cenário, é interessante observar que aqui na WeGet2U as compras e redirecionamento de encomendas não param de aumentar. 

O que nos leva a seguinte pergunta: será que independente da taxação do dólar sempre irá valer a pena importar produtos dos Estados Unidos?

Olhando-se diretamente para o crescimento crescente da lista de importadores da WeGet2U, chegamos a conclusão de que mesmo com o dólar no teto, os importadores e revendedores ainda consideram o mercado compensatório.

Assim, a única questão aqui é saber avaliar com cuidado e atenção os produtos que você tem interesse em importar. Afinal, se avaliarmos friamente a situação veremos que mesmo que alguns produtos sofram um aumento de preço, ainda assim a importação acaba compensando!

Portanto, vale sempre a pena ficar ligado nas lojas que você possui interesse a fim de aproveitar as melhores promoções e descontos!

ASSISTA O VIDEO COMPLETO NO YOUTUBE